Nome:
Local: São Paulo, São Paulo, Brazil

http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100001407144645

terça-feira, fevereiro 21, 2006

Densidade Volátil

Fiquei com vontade de escrever para você. Sem respostas. Apenas um escrito. Um simples desabafo sobre nada. Pensei em muitas coisas. Senti muitas coisas. Acho que vou explodir.
Quanto à sua pergunta, sim, estou mesmo. Não somente pelos meus livros, pelos meus CDs. Estou, confesso-lhe, mais uma vez, estou e isso não é nada bom. É pavoroso, aterrador! Não queria, não agora, não nessa vida. Mas encontro-me sem escolhas. Ou aceito, ou uma artéria estoura. Prefiro vê-la jorrando sangue junto aos segundos de minha pulsação a passar por esse momento ridiculamente inoportuno que, talvez, dure até minha morte, talvez acabe no minuto seguinte.
Termino com meu clássico "bom, é isso".
Leia com avidez. Em seguida, destrua seu HD. Será melhor assim. Será melhor para mim, para você, para a humanidade que continua psicologicamente intacta (quem?). Mas isso acontecerá com todos eles. E a destruição em massa de HDs sairá em todos os jornais.

Beijos,

Designação vaga de pessoa incerta ou de alguém que se não quer nomear, vulgo, fulana.

4 Comments:

Anonymous Hermanita said...

Fala loka!
Meu, mais estranho do q vc eh q eu gostodos seus texto! freek! (nem sei se escreve assim mas vai ficar)

01:46  
Anonymous Otávio said...

Explodir seria uma boa alternativa.
Tanta informação que eu tenho em meu HD, sei que nunca encontrarei utilidade nem para metade, nem para um terço, nem para um quinto de tudo o que tenho de inútil armazenado em meu HD.

00:49  
Anonymous Anônimo said...

AAAahhhhhhh..... volátil... evaporando...

vida volátil.

08:52  
Anonymous Anônimo said...

É... dúvidas. Quem será esse que reside de braços abertos e olhos fechados no teu poema?
Será garoto branco de letras brancas... será garoto branco de letras negras?
Gosto de ler o que escreve, principalmente de tudo que não deveria ser escrito.

15:44  

Postar um comentário

<< Home